No artigo da semana passada, eu falei um pouco sobre a educação nos Estados Unidos, mas sei que outras dúvidas sempre passam pela cabeça de vocês, então resolvi trazer outro tema que me perguntam com frequência, que é sobre como dirigir nos Estados Unidos.

Está de viagem marcada e não sabe como será a logística, se é melhor alugar um carro ou contar com o transporte público da cidade? Dirigir nos Estados Unidos não tem muito segredo, então pode ficar despreocupado quanto a isso. Por outro lado, tem sempre as vantagens e desvantagens.

Uma dica que eu sempre dou é ficar atento à região que você vai visitar, porque algumas cidades têm muito trânsito, poucos lugares gratuitos para estacionar e não compensam o transtorno por possuírem metrôs e linhas de ônibus de qualidade, como é o caso de Nova York e Chicago. Já as cidades de Orlando e Miami, por exemplo, são muito mais tranquilas de dirigir e fáceis de encontrar vagas para estacionar, o que torna bastante compensador alugar um carro.

Para esclarecer algumas dúvidas e facilitar a sua vida como motorista em terras norte-americanas, separei 5 dicas que podem fazer diferença na hora de dirigir nos Estados Unidos:

Reserve um carro

Outra coisa muito importante é fazer o seguro total para o carro, que não aumenta muito a diária e te poupa dor de cabeça. As empresas fazem a reserva de acordo com o tipo do veículo, que são:

  • Econômico: o menor carro da empresa, equivalente a um 1.6 do Brasil. Geralmente, é um sedan como Fiesta ou Voyage. Por lá, as marcas mais comuns são KIA Rio e Mazda 3.
  • Compacto: aqui no Brasil seria como um Ford Focus.
  • Intermediário: um modelo equivalente ao Corolla, por exemplo.
  • Minivan: para quem quer transportar muitas pessoas ou compras. O mais comum é uma Dodge Grand Caravan.

 

 

Pare!

Parece bem óbvio falar sobre isso, mas para dirigir nos Estados Unidos é fundamental respeitar realmente todas as leis de trânsito ou poderá ser multado – quando não render mais problemas por ser estrangeiro. A placa de STOP tem o mesmo significado que aqui no Brasil e é para você parar o veículo antes de avançar em um cruzamento. Mas é para parar mesmo! Não adianta apenas diminuir a velocidade e buzinar, ainda que não venha nenhum veículo.

Ônibus escolar

Caso você veja um ônibus escolar parado, embarcando e desembarcando as crianças, pare antes de ultrapassá-lo. Serão aqueles típicos ônibus amarelos como vemos em filmes, e eles estarão com o pisca ligado. Nos Estados Unidos, você não pode ultrapassar esse veículo e precisa esperar que todas as crianças tenham embarcado/desembarcado, mesmo que você esteja com muita pressa. Nesse tempo, o ônibus estará com uma placa de STOP erguida e você só poderá dar continuidade ao trajeto quando o motorista baixá-la.

Conversão à direita é QUASE sempre livre

Uma das coisas que mais estranhei ao começar a dirigir nos Estados Unidos foi essa regra. Significa que, mesmo com o sinal vermelho, você pode virar à direita sem o menor problema, basta verificar se não está vindo nenhum veículo. Quando, raramente, isso não for permitido, haverá uma placa informando, acompanhada de um sinal vermelho, então basta ficar atento.

Já que estou falando sobre cruzamento, também é importante explicar que, diferente do Brasil, quando não há semáforo a preferência é de quem chegar primeiro e não necessariamente de quem está à direita como acontece no Brasil.

NUNCA dirija após beber

Mais uma lei que é óbvia e não é diferente do Brasil, mas sabemos que por aqui, muita gente comete esse delito. Por lá, isso não pode acontecer de maneira alguma. Se for pego dirigindo alcoolizado, não tem “chorumelas”, você será preso. Já pensou na dificuldade de resolver isso durante as suas férias? Vai estragar o passeio de todo mundo e, por ser estrangeiro, pode demorar bastante. Além disso, você terá alguns problemas para renovar o seu visto depois.

As leis de trânsito para dirigir nos Estados Unidos não são tão diferente das brasileiras, o que você precisa é sempre estar atento e não cometer infrações. Se forem leves, a multa será enviada a você por meio da empresa que alugou o carro, mas se um policial te parar, a coisa pode ser um pouco mais burocrática, então cuidado!

Se você quer morar em Orlando ou mesmo ter uma casa para passar as férias e aproveitar tudo o que a cidade pode oferecer, entre em contato com os especialistas da InvestorsInc. Eles estão à disposição para tirar qualquer dúvida sobre a compra do imóvel e, se necessário, também  sobre como dirigir nos Estados Unidos da maneira mais segura.

Grande abraço e até a próxima!

Leandro Teles – Especialista em Investimento Imobiliário Internacional