Depositphotos_10117961_original

O número de brasileiros que vão aos Estados Unidos por vários motivos (seja a turismo, negócios, consultas médicas) tem crescido. Estima-se que, em média, o governo americano processa 1,2 milhão de visto de brasileiros por ano e a aprovação das solicitações chega a 96%.

O propósito de sua viagem determina que tipo de visto é exigido pela lei de imigração nos Estados Unidos, por isso cabe a você verificar se preenche todos os requisitos necessários para a categoria do visto que deseja solicitar.

Neste post expliquei como se dá o processo para tirar o visto americano. Aqui mostrarei a vocês que há dois tipos de visto americano e é importante que você conheça para entender em qual deles seu perfil se encaixa. São eles: vistos de não imigrante e vistos de imigrante.

VISTOS DE NÃO IMIGRANTE

Visto americano B-2: é destinado para pessoas que desejam entrar nos Estados Unidos temporariamente à lazer, incluindo férias ou visitas à família além de tratamento médico. A pessoa que tiver esse visto pode ficar no país por 90 dias, além dele ser válido por 10 anos.

Visto americano B-1: indivíduos que pretendem viajar para os Estados Unidos para participar de feiras, salões, montar stands, expor produtos, assinar contratos, participar de trabalhos voluntários, atuar como orador e palestrante, participar de convenções e seminários científicos, engajar em pesquisas independentes, pesquisas de locais para estabelecimento de negócios, estágios na área médica e empregados/as domésticos/as são legíveis ao visto B-1.

Visto americano F-1: é indicado ao estudante que pretenda frequentar uma universidade ou uma instituição acadêmica nos Estados Unidos.

Visto J-1: qualquer pessoa que pretenda ir aos Estados Unidos para exercer uma função pré-combinada, treinamento ou pesquisa em um programa aprovado oficialmente e patrocinado por uma instituição de ensino ou outra instituição sem fins lucrativos precisa desse visto.

 VISTOS DE IMIGRANTE

Imigração baseada em parentesco: é destinado ao imigrante brasileiro que tenha relacionamento com um cidadão ou residente legal nos Estados Unidos. É necessário que o parente americano protocole uma petição de imigração junto ao USCIS (U.S. Citizenship and Immigration Services).

Imigração sendo noivo (a) ou cônjuge de cidadão americano: o visto K1 é ideal para o indivíduo possa viajar para os Estados Unidos com a finalidade de se casar e morar no país. Já o visto K2 são para os filhos que sejam menores de 21 anos. Já os vistos K3 e K4 são destinados aos não-imigrantes que ficaram, ou poderão ficar sujeitos a uma longa separação enquanto seus pedidos de visto de imigrantes sejam processados.

Imigração baseada em emprego: a empresa que contratar um imigrante deve protocolar uma petição nos Estados Unidos através do formulário I-40 junto ao USCIS (U.S. Citizenship and Immigration Services) e aguardar a petição ser aprovada.

Imigração de viúvos, investidores e exilados: para os viúvos, é preciso protocolar uma petição através do formulário I-360 antes de completar dois anos da morte do cônjuge. Já para investidor, é necessário investir a partir de U$ 500,000.00, dependendo da taxa de emprego na área geográfica onde está o projeto. Os exilados devem ter uma petição I-730 aprovada pelo USCIS (U.S. Citizenship and Immigration Services), receber uma comunicação do Centro Nacional de Vistos (CNV) e adicionar novas informações ao site do Departamento do Estado para concluir o processo.

 

Vale lembrar que os solicitantes que são isentos de entrevista são pessoas menores de 16 anos e maiores de 66 anos, ou que vão apenas realizar a renovação. Nesse último caso, é só comparecer ao CASV (Centro de atendimento ao Solicitante de Visto) mais próximo. Existem 7 em todo o Brasil: Brasília, Belo Horizonte, Porto Alegre, São Paulo, Recife e Rio de Janeiro.

É legal pesquisar sobre o assunto, planejar sua ida para lá com antecedência e cumprir todo o processo exigido para que você consiga ter seu visto aprovado. Se tiver alguma dúvida ou algum comentário sobre esse assunto é só deixar uma mensagem abaixo e responderei o mais breve possível. Ou se preferir pode falar diretamente com um assessor online aqui: https://www.investorsinc.com.br/