An male accountant at telephone preparing income taxes

Ir morar nos Estados Unidos é bem diferente de ir pra lá apenas a passeio. Uma coisa que o brasileiro deve deixar de fazer é a conversão. O valor em dólares é diferente do valor em real, especialmente porque lá você recebe e compra em dólares, ou seja, o dinheiro tem mais valor. Diferente do que acontece quando está fazendo turismo e por isso é ideal não fazer uma análise de vida nos Estados Unidos de acordo com a experiência que você teve lá quando esteve a passeio.

No início, a vida por lá pode ser um pouco complicada, especialmente se você não tiver cidadania americana e o Social Security (SSN), uma espécie de CPF americano. Com esses documentos você consegue emprego, consolidação de crédito, aluguel de imóveis de forma facilitada (embora exista outras opções), entre outras coisas.

Assim, listarei a vocês alguns itens que são fundamentais quando se pensa em mudar para os Estados Unidos e quer contabilizar o custo de vida no tão sonhado país para se viver. Falei de escolas, universidades e sistema de saúde aqui, aqui e aqui. São eles:

Aluguel/Compra de casa

Se você decide alugar um imóvel, é preciso provar renda de três vezes o valor líquido do aluguel, pagar adiantado o primeiro e o último mês do mesmo e realizar depósito caução correspondente ao mês. Ou seja, é preciso pagar o valor de três meses de aluguel antecipado, no primeiro mês. Os aluguéis em bairros acessíveis e com 3 quartos variam de U$800,00 a U$2500,00, no caso dos imóveis mais luxuosos. Por isso é importante pesquisar bastante a respeito de aluguel de imóveis. Em comparação, o preço da compra de imóveis está muito mais em conta, por exemplo, um apartamento de 140 m² em Orlando pode custar cerca de U$200 mil … acessível, se pensar que você estará comprando/vendendo em dólares.

Aluguel/Compra de carro

Sem a SSN é praticamente impossível alugar ou comprar um carro, contando que você desembolse uma boa grana do seu bolso. Quando isso acontece os juros são altos e as cláusulas são rígidas (exemplo: atrasou três parcelas a empresa tem o direito de ‘tomar’ o seu carro). O ideal, antes de escolher um carro, é pesquisar em vários sites e concessionárias (para compras) ou empresas de aluguel (para aluguel) e tente fechar um bom negócio. O valor para aluguel em dias varia de U$200 a U$ 600 e para compra varia de carro para carro, por exemplo, o Golf no Brasil custa R$ 62 mil e o mesmo por lá é U$ 30 mil … vejam a diferença gritante!

Água/Luz/Internet

Em média, a conta de água e luz varia de U$30,00 a U$80,00, dependendo da estação do ano e do uso do ar condicionado ou aquecedores. Já os planos de internet variam de U$80,00 a U$120,00, dependendo do plano e se está incluso telefone e televisão.

Mercado

O gasto com mercado, mensalmente, é bem mais baixo se comparado ao Brasil. Lá você compra tudo em muita quantidade, porque acaba saindo mais barato. Exemplo: um fardo com 24 latas de refrigerante Coca-Cola sai em torno de $6 dólares; 30 garrafas de água, $4 dólares. E assim vai… algo bem diferente do Brasil. Os alimentos industrializados e pré-prontos são, obviamente, bem mais baratos, e por isso os alimentos naturais e/ou orgânicos são, na maioria das vezes, a segunda opção. O mercado mais acessível é o Walmart, mas há outras opções como o Bravo, Aldi, Whole Foods, Sam’s, Publix …

 

É fato que o custo de vida depende de família para família e dos gastos que são acostumadas a ter, mas, em geral, viver nos Estados Unidos é bem mais acessível do que no Brasil, só que com infinitas melhoras, principalmente em residência: https://www.investorsinc.com.br/

Se você tem alguma sugestão ou comentário, deixe abaixo e conversaremos a respeito. Até a próxima!